sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Como Evitar a Extinção...?

... e o susto? ... e a confusão?

O desequilíbrio ecológico está ameaçando o planeta. Já se sabe que a superpopulação de coelhos na Escócia está acabando com ruínas históricas de valor incalculável. Os koalas estão acabando com as florestas de eucalipto na Autrália e os macacos, em quantidade tão maior que a normal, estão causando a morte de árvores em vários lugares da selva amazônica porque comem as cascas das árvores. Poucas pessoas são a favor de diminuir a população destes animais.

Olha só essa cara de assassino das matas!















Monstrinhos!

Enquanto estas feras acabam com a natureza, outros bichinhos estão lutando contra a extinção.
Ajude, por favor!

O pobre Aye-Aye, de Madagascar.
Alguns acreditam que ele dá azar, outros temem morrer de susto ao encontrar um destes bichinhos à noite.

O tarsius da indonésia também não causa uma boa sensação à primeira vista...
... ou à segunda...
Quanto ao peixe-bolha, estamos perdendo a esperança...
As manchas em vermelho ao lado da fêmea são os filhotinhos. Eles se reproduzem em cativeiro, mas preferem não olhar para os parceiros.

Outros animais não estão sendo exatamente extintos, mas são de difícil percepção.

Este é o coelho-angorá.
Caso você esteja questionando, não! Nenhum coelho comum colocado dentro de uma secadora de roupas fica assim! Por favor, não tente.

Já o Cão Komodor da Hungria sofre os mesmos preconceitos que todo Rastafari. Eles nunca conseguem passar por um Pastor Alemão sem serem revistados.
Alguns donos esquecem de apresentá-los às empregadas novas, que sempre acabam jogando os coitados dentro de um balde de água com sabão. Isso não é maneira de acordar ninguém!

Ao nos ajudar em nossa campanha, não lembre que é preciso dar banho em seus bichos de estimação e nem pense no que faria se um destes pequenos selvagens entrasse no seu quarto à noite. Não pense no que você faria ao topar com certo tipo de peixes durante uma pesca submarina. Apenas pense em como convencer um ser humano a não jogar um sapato neste bichos. Pense como fazer com que as pessoas questionem se o objeto inanimado que poderia tirar o pó da casa não é um ser vivo.
Pense!
Pense, depois me diga.

Abraços.

3 comentários:

. disse...

Bela matéria Patrícia. Interessante, tem alguns bichinhos ai que eu nunca tinha visto. A extinção é praticamente inevitável (infelizmente), porque enquanto lutamos de um lado, tem um bando de "monstros" destruindo do outro. É uma pena que as pessoas não pensem igual nesse sentido,porque se todos fossem a favor da natureza e de tudo que a envolve, esses animais não entraria em extinção.

Aibell disse...

Oi, Patrícia! Adorei seu blog, eu tenho o seu livro Como Amam os Signos, que eu empresto a todos e todo mundo adora. Boa matéria, mas... esse Aye-Aye não dá, né? Ô, bicho do inferno!
XD

postandoh disse...

Amei o cachorro esfregão,sua matéria me ajudou mto em um trabalho escolar!